Confiar ou Não Confiar? – Mensagem de Confiança

Confiar ou Não Confiar? – Mensagem de Confiança

Confiar ou Não Confiar? Como saber se se deve confiar ou não em alguém, leia essa mensagem de confiança.confianca

Ambas as opções apresentam riscos, em especial num mundo tão saturado de engano e de traição. E não é diferente no Marketing Digital. Em especial para nós que estamos começando.

Pode ser perigoso confiar

Por que confiar em alguém pode ser perigoso? Alguns exploram a confiança dos outros enganam e manipulam. Com tais enganadores por aí, confiar demais é decididamente perigoso.

Quem confia demais pode ser ingênuo, fácil de ser enganado e manipulado. Um exemplo é do criador de Sherlock Holmes. Duas mocinhas, afirmaram que haviam brincado com fadas no jardim de sua casa, produziram fotos das fadas para tentar provar isso.

Confiou nelas e acreditou nas histórias a respeito das fadas. 55 anos mais tarde as duas mulheres admitiram que fosse tudo uma impostura e que haviam recortado as “fadas” de um livro para montar as fotos.

Percebe a armadilha em que ele caiu? Ele acreditou cegamente nessa história simplesmente porque queria que fosse verdade. Um alerta de Demóstenes: “A coisa mais fácil de todas é enganar a si mesmo, pois o que o homem deseja ele geralmente crê ser verdade.”.

Talvez pense, isso é um exemplo extremo, e que você jamais seria tão ingênuo. Não são apenas os ingênuos que correm o risco de serem enganados. Muitas pessoas cuidadosas e em geral alertas já foram iludidas e enganadas por outras pessoas aparentemente de confiança.

Não confiar pode ser perigoso

Há também perigos em tomar a atitude de não confiar em ninguém, ou em nada. A desconfiança é como a ferrugem. Com certeza a desconfiança implacável pode transformá-lo numa pessoa muito infeliz, sem amigos.

Considere bem os seus passos

O dramaturgo inglês William Shakespeare escreveu: “Não confie em pranchas podres.” Alguém que suspeitar que as pranchas duma ponte sobre um abismo estejam podres, será muito tolo se pisar nelas.

Em geral, não provamos os alimentos antes de comê-los? confianca-iDeveríamos também provar as palavras e as ações das pessoas antes de aceitá-las. Quem for sincero não se ofenderá se checarmos as suas credenciais. Um provérbio escocês: “Se alguém me engana uma vez, a vergonha é dele; se me engana duas vezes, a vergonha é minha.”. Voltamos ao ponto: Confiar ou Não Confiar?

Seja razoável e equilibrado

Devemos ser razoáveis e não indevidamente suspeitosos. Em geral, é melhor presumir que seus amigos desejam fazer o que é melhor para você, em vez de atribuir-lhes más motivações nas situações difíceis. Faça concessões. Não permita que experiências amargas e negativas lhe roubem as alegrias que podem resultar de edificar relações de confiança com outros.

Seja equilibrado. Não use vendas nos olhos ao avaliar a confiança nas pessoas; mantenha-se alerta. Confiar demais pode ser melhor do que confiar jamais.

Existem pessoas que tentarão explorar a sua confiança.confianca-ii Alguns são assim. Mas dê aos outros tempo e oportunidade de demonstrar que são dignos de confiança.

Sempre existirá alguém, que merece a sua confiança.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *